Diretoria Executiva

Richard Parker
Diretor-presidente

Possui graduação em Antropologia pela University of California (1980) , doutorado em Antropologia pela University of California (1988) e pós-doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990). É professor titular de Ciências sócio-médicas e Antropologia e diretor do Centro para Estudos de Cultura, Política e Saúde na Escola de Saúde Pública da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, EUA. Vem investigando, em seus estudos, a construção social e cultural de gênero e sexualidade, as dimensões sociais do HIV e AIDS e a relação entre desigualdade social, saúde e doença. É autor de diversos livros, entre eles “Corpos, Prazeres e Paixões: Cultura Sexual no Brasil Contemporâneo” (São Paulo: Editora Best Seller, 1991), “A Construção da Solidariedade: AIDS, Sexualidade e Política no Brasil” (Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994), “Na Contramão da AIDS: Sexualidade, Intervenção, Política” (Rio de Janeiro: ABIA, and São Paulo: Editora 34, 2000), “Abaixo do Equador: Culturas do Desejo, Homossexualidade Masculina e Comunidade Gay no Brasil” (Rio de Janeiro: Editora Record, 2002). É também editor-chefe da revista científica Global Public Health: An International Journal for Research, Policy and Practice, publicada pela Editora Routledge, de Londres.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8353995857096038



Regina Maria Barbosa
Vice-presidente
Graduada em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1975), tem mestrado e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Pesquisadora do Núcleo de Estudos de População/Universidade Estadual de Campinas, onde, desde de 2005, ocupa o cargo de coordenadora associada. Trabalha também no Programa Estadual de DST/Aids de São Paulo. Integra a Coordenação do Programa Interinstitucional de Treinamento em Metodologia de Pesquisa em Gênero, Sexualidade e Saúde Reprodutiva, em parceria com o ISC/UFBA, o IMS/UERJ, a ENSP/FIOCRUZ e o Instituto de Saúde (SES-SP). Faz parte da equipe de pesquisadores/as responsáveis pelo estudo “Comportamento Sexual da População Brasileira e Percepções do HIV/AIDS” e pertence ao corpo editorial das seguintes revistas: Reproductive Health Matters; Culture, Health & Sexuality e Temas em Saúde Reprodutiva. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Reprodutiva, atuando principalmente nos seguintes temas: AIDS, sexualidade, gênero, saúde reprodutiva e políticas públicas.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2994504949378397


Kenneth Rochel de Camargo Júnior
Secretário-geral

Concluiu o doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1993), tendo realizado pós-doutorado na McGill University, no Canadá (2000/2001). Atualmente, é professor associado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, international associate editor do American Journal of Public Health e editor da revista Physis.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3585073727110885



Simone Souza Monteiro
Tesoureira
Pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) da FIOCRUZ, onde chefia o Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde, desde 1999. Membro permanente da Pós-graduação em Saúde Pública/ENSP e da Pós-graduação em Ensino de Biociências e Saúde do IOC, com artigos publicados em revistas científicas e coletâneas. É autora do livro “Qual prevenção? Aids, gênero e sexualidade em uma favela carioca” (Ed. Fiocruz, 2002) e co-organizadora de seis livros, entre os quais: Educação, Comunicação e Tecnologia Educacional: interfaces com o campo da saúde (Ed. Fiocruz, 2006), Gênero e Saúde: Programa Saúde da Família em questão (Abrasco/UNFPA, 2005); Etnicidade na América Latina: um debate sobre raça, saúde e direitos reprodutivos (Ed. Fiocruz, 2004). Graduou-se em Psicologia (1991/UERJ), com mestrado em Saúde Coletiva (1995) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Doutora em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1999). Foi coordenadora de projetos da ABIA (1993-1995) e co-autora dos jogos educativos Zig-Zaids sobre os meios de prevenção e aspectos sociais da epidemia de AIDS, e do Jogo da Onda, que estimula o diálogo sobre o uso indevido de drogas, ambos editados e usados em diversos programas governamentais e não-governamentais do Brasil. Seus interesses de pesquisa e docência concentram-se nas áreas das ciências sociais e da saúde pública, com ênfase em educação/prevenção, HIV/AIDS, sexualidade, gênero e relações raciais.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4324408341381188


Jorge Beloqui
Tesoureiro suplente
Argentino e brasileiro, chegou no Brasil em 1975. É doutor em Matemática, professor do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (USP) e integrante da direção do Grupo de Incentivo à Vida (GIV), em São Paulo. É também representante da Rede Nacional de Pessoas Soropositivas (RNP+) no Comitê Nacional de Vacinas e foi um dos fundadores do Grupo Pela Vidda/SP.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2597867777721638


Conselho Fiscal

Ruben Mattos
 
Possui graduação em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1981), especialização em Residência Médica Clínica Médica pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1984), mestrado em Medicina Área de Concentração Medicina Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1988) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2000). É professor adjunto do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com  experiência na área de Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas de saúde, integralidade, agências internacionais, Banco Mundial e planejamento de saúde.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5813862906022002


Valdiléa Veloso
 
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), mestrado em medicina (Doenças Infecciosas e Parasitárias) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e residência médica pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas (1988). É pesquisadora associada II da Fundação Oswaldo Cruz (FIOUCRZ), consultora do Ministério da Saúde, do Fundo Global para AIDS, Tuberculose e Malária, da National Institute of Health, da Organização das Nações Unidas, do Jornal Brasileiro de AIDS e membro do corpo editorial da publicação “Comunicação em Ciências da Saúde”. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em infectologia.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6266684004174408


Suplentes do Conselho Fiscal

Michel Lotrowska
 
Belga, formado em economia pela Universidade Católica de Louvain, na Bélgica. Mestre em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública/FIOCRUZ, em 2003. Trabalha na organização Médicos Sem fronteiras, na Campanha de Acesso a Medicamentos Essenciais no Brasil. Sua atuação é focada principalmente no acesso a medicamentos para AIDS e doenças negligenciadas. Trabalhou também na DNDi (Iniciativa de Medicamentos para Doenças Negligenciadas), que procura desenvolver novos medicamentos para Chagas, Leishmaniose, Malária e Doença do Sono. Fundou o escritório de Médicos Sem fronteiras em 1993, no Brasil, onde coordenou projetos de saúde em Vigário Geral, Favela da Maré, assim como outros na área da saúde para meninos de em situação de rua, no Centro e na zona sul do Rio de Janeiro.


Vera Paiva
 
Graduou-se em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1978). Especializou-se em Saúde Pública em Saúde Mental (1979), obteve o grau de mestrado em Psicologia Social (1987), de doutorado em Psicologia Social (1996) e de professora livre-docente (2007) pela Universidade de São Paulo (USP). Durante o doutorado, foi MacArthur Foundation Individual Grantee e Fogarty Fellow na Universidade da Califórnia- Berkeley, em São Francisco, EUA, onde também fez pós-doutorado (1996-1997). Desde 1987, é professora do Departamento de Psicologia Social do Instituto de Psicologia da USP, onde é pesquisadora e orientadora nas áreas de Psicologia Social e Saúde Coletiva, com ênfase nos estudos sobre gêneros, sexualidades e tecnologias de promoção da saúde, com foco na prevenção primária e secundária do HIV e da AIDS, analisados segundo o quadro da vulnerabilidade e direitos humanos, temas sobre os quais tem publicado extensamente. Co-coordena o Núcleo de Estudos para a Prevenção da AIDS-USP (NEPAIDS), grupo interdisciplinar que congrega professores/as de diversos departamentos da USP, de outras universidades e instituições públicas de pesquisa, alunos/as de graduação e pós-graduação. No plano internacional, Vera mantém colaboração junto às Nações Unidas (OMS, UNICEF e UNAIDS) e universidades, com destaque para a Universidade da Califórnia (Medicine-SF e Public Health-Berkeley), Harvard University (Public Health), University of London (Education), University do Toronto (Medicine/Public Health), Univ. of New South Wale Univ(CEAIDS), University of Pretoria (CAIDS), Institut Pasteur/França (WAF). Desde 2003, é pesquisadora e professora convidada no Social Medical Dpt- Mailman School of Public Health, na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, EUA.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8100923258337993


Luis Felipe Rios de Nascimento
 
Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (1994), mestrado em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (1997) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2004). É professor adjunto I da Universidade Federal de Pernambuco, com experiência nas áreas de Psicologia e Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos sexuais, homossexualidades, juventude, HIV/AIDS, religiões afro-brasileiras, religiosidade, sexualidade e saúde sexual.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9817218308880476


Associados/as Participantes

Miriam Ventura da Silva
 
Graduada em Direito (1984), mestre e doutoranda em Saúde Pública da ENSP/FIOCRUZ. Especialista em Bioética e Direito Cível. Tem experiência profissional como advogada cível, professora de direito de família e bioética da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, consultora jurídica e pesquisadora em temáticas como: Direitos Humanos, Saúde, Bioética e Ética Aplicada, Direitos e Saúde Sexual e Reprodutiva. Possui trabalhos publicados sobre políticas públicas de saúde e de direitos humanos, direitos sexuais e direitos reprodutivos, saúde sexual e reprodutiva, HIV/AIDS, transexualidade, aborto, dentre outros. Alguns trabalhos são pioneiros no Brasil, como as publicações “Direitos das Pessoas Vivendo com HIV/AIDS” (1ª Ed), “Legislação sobre DST/AIDS no Brasil” (1,2 e 3ª ed) e “Direitos Reprodutivos no Brasil” (1ª, 2ª). Integra, como especialista visitante na ENSP/FIOCRUZ, a equipe dos projetos “A judicialização e a saúde pública: proposta de análise e monitoramento das demandas judiciais individuais para o acesso a medicamentos”, financiado pelo CNPq, e “A judicialização no acesso a medicamentos no Estado do Rio de Janeiro: um olhar sobre o essencial”, financiado pela FAPERJ.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6460389695404431


Fernando Seffner
 
Fernando Seffner é graduado em Geologia (UFRGS, 1981) e tem licenciatura em História (UFRGS, 1987). Realizou estudos de mestrado em Sociologia, na área da Sociologia da Saúde, com dissertação que analisa as trajetórias de vida de pessoas soropositivas (UFRGS, 1995), resultado de longo período em que foi voluntário junto ao GAPA/RS. Foi bolsista da Fundação MacArthur entre os anos de 1995/2000, com trabalho de pesquisa e intervenção envolvendo representações sociais de homens bissexuais, o que foi seu tema de tese, no Doutorado em Educação (UFRGS, 2003). Realizou estudos junto ao Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2001). É professor adjunto da Faculdade de Educação da UFRGS e docente e orientador junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação, na linha de pesquisa Educação, Sexualidade e Relações de Gênero, com ênfase principal na investigação das pedagogias de construção das masculinidades. Atua também em pesquisas e orientações em temas como: situações de vulnerabilidade a AIDS; representações culturais das masculinidades homossexuais e bissexuais; respostas religiosas a aids; estado, religião e laicidade; e estudos de gênero. Atuou algumas vezes como consultor junto ao Departamento de DST AIDS e Hepatites Virais. Fez estágio na ABIA em acompanhamento de projetos (1995) e já participou de programas da instituição, como o projeto Respostas Religiosas à AIDS no Brasil.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2541553433398672


Francisco Inácio Pinkusfeld de Monteiro Bastos
 
MD, MPH, PhD, pesquisador titular da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Francisco Bastos é médico, com larga experiência de trabalho junto a populações vulneráveis ao HIV, área em que tem inúmeras publicações. Tem longa experiência no desenho, coordenação e análise de estudos de grande envergadura, alguns deles multicêntricos, como os estudos da Organização Mundial da Saúde desenvolvidos junto a usuários/as de drogas. Além disso, Francisco vem desenvolvendo análises acerca das tendências da epidemia de AIDS no Brasil, em parceria com profissionais de epidemiologia, estatística e modelagem matemática. É também editor associado e/ou membro do conselho editorial de diversas revistas internacionais, como Drug and Alcohol Dependence, International Journal of Drug Policy, Substance Use and Misuse, Cadernos de Saúde Pública, e, mais recentemente, do Journal of Epidemiology and Community Health. Em agosto de 2007, foi eleito coordenador do novo Programa de Epidemiologia em Saúde Pública, da ENSP-FIOCRUZ.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6505487564442125


Carlos Duarte
 
Graduado em Arquitetura, com especialização em Saúde Pública pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), é vice-presidente do Grupo de Apoio à Prevenção da AIDS do RS (GAPA/RS) onde atua como voluntário desde 1996. Conselheiro do Conselho Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul e membro eleito da mesa diretora, representando o GAPA/RS no segmento de usuários/as. Também é representante do Movimento Nacional de Luta contra AIDS no Conselho Nacional de Saúde, integrando a mesa diretora como representante do segmento de usuários/as. Entre 2005 e 2006, atuou como consultor junto ao Departamento de DST/aIDS e Hepatites virais do Ministério da Saúde, na área Sociedade Civil e Direitos Humanos.


Mário Scheffer
 
É professor doutor do Departamento de Medicina Preventiva (DMP) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), na área de Política, Planejamento e Gestão em Saúde, com mestrado e douturado em Ciências da Saúde, tendo concluído dois Pós-Doutorados, um na FMUSP e outro na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Especialista em Saúde Pública pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), graduou-se em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Ativista da luta contra a AIDS desde 1989, é membro do Grupo Pela Vidda-SP, do qual  foi presidente. Foi membro titular do Conselho Nacional de Saúde (CNS), da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) e da Câmara de Saúde Suplementar da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que regulamenta os planos de saúde. Atualmente integra: o Conselho Consultivo do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES); a Comissão de Política, Planejamento e Gestão da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO); e o Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC). É autor , dentre outras publicações, do livro “Coquetel: a incrível historia dos antirretroviras e do tratamento da aids no Brasil” (Editora Hucitec).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1322311308223630


Pedro Chequer
 

Graduado em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, médico em saúde pública pela Universidade de São Paulo, especialista em dermatologia sanitária pela Escola Nacional de Saúde Publica (ENSP/FIOCRUZ) e mestre em epidemiologia pela Universidade da Califórnia, Berkeley.  Iniciou sua vida profissional no interior do Amazonas, como médico da extinta Fundação SESP/MS, onde exerceu funções de assistência direta ao/à paciente, de supervisão e coordenação em nível local e regional.  Tendo exercido suas atividades exclusivamente no âmbito público, ocupou a função de diretor do Centro Nacional de Epidemiologia- MS, diretor do Programa Nacional de AIDS, representante do UNAIDS na Rússia e coordenador do UNAIDS na Argentina (para o Cone Sul), Moçambique e Brasil.



Fátima Rocha
 

Analista de gestão em saúde na Fiocruz, exercendo o cargo de chefe do Planejamento e Orçamento do Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz. Mestre em Ciências da Saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), MBA em Saúde pela Coppead-UFRJ, especialista em saúde pública pela Ensp/Fiocruz e e em gestão de programas de DST/AIDS pela Universidade Federal do Maranhão. Coordenou o Programa Municipal de DST/AIDS da Fundação Municipal de Niterói e o Programa Estadual de DST/AIDS da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Atuou como Consultora do Programa Nacional de DST/AIDS do Ministério da Saúde e coordenou  uma série de projetos na área de prevenção às DST/AIDS dirigidos à área escolar, comunidades empobrecidas e junto a empresas. Apoiou na estruturação da serviços de saúde e na gestão de  programas municipais de DST/AIDS ao longo de 20 anos de atuação no campo.



George Gouvea
 

Psicanalista clínico, membro associado ao Fórum do Círculo Psicanalítico do Rio de janeiro, graduado em Psicologia pela Universidade Veiga de Almeida, graduado em Direito pela Universidade Candido Mendes, voluntário e ativista. Vice-presidente e coordenador da atividade Recepção, Acolhimento/Aconselhamento e Apoio Psicológico do Grupo Pela Vidda/RJ.



Francisco Pedrosa
 

Possui graduação em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE (1993), mestrado em Políticas Públicas e Sociedade pela Universidade Estadual do Ceará (2004), participa desde 1992 em espaços do ativismo, políticos e acadêmicos sobre a epidemia de AIDS. Atua principalmente em temas como: direitos sexuais; prevenção junto a gays, outros HSH e travestis; juventudes homossexuais; qualidade de vida para pessoas vivendo com HIV/AIDS; ativismo LGBT e da luta contra a AIDS. Foi da coordenação do Fórum de ONGs/AIDS do estado do Ceará, membro titular da Comissão Nacional de AIDS e, atualmente, preside o Grupo de Resistência Asa Branca-GRAB, organização da sociedade civil, de defesa dos direitos de LGBT e de PVHA.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9088535132800903



 
 
 
Design e desenvolvimento: Intercraft Solutions.